Chega de clichês!

Depois de alguns milênios meses, o vlog em parceria com a Fernandeca , do Cerveja Amanteigada, finalmente voltou! O tema de hoje são os super comentados eu não aguento mais, que coisa chata, pqp alguém mata esse autor? CLICHÊS!
# Não reparem na minha cara de doente, eu doente.



video

20 comentários:

  1. Cara, ri demais com o final do teu vídeo. "Dá-la. Dá-las. Dallas!" aushausha Sério. Estou com tanta saudade de House of Night. Quero ler Escondida o/ Mas enfim. Focando no post.
    Eu concordo em alguns pontos, mas o clichê não me incomoda tanto, sabe? Na verdade eu nem noto. Mas sei lá, gostei dos vídeos.
    Beijos Amanda♥

    http://menina-do-sol.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. oi querida,
    muito legal o video. Eu particularmente sou contra esses livros iguais. O próprio crepúsculo, se nao me engano, já é meio cópia do Diários de Vampiros que é beeeem mais antigo.
    boa semana
    ;*

    www.redbehavior.com

    ResponderExcluir
  3. Amanda você tirou as palavras da minha boca! Concordo totalmente contigo. Detesto clichês! 50 tons já deu! E temas desse gênero também. Parece que os autores insistem em escrever um livro mesmo o tema sendo um lixo por que outro escreveu e fez sucesso. odeio!

    http://milleguas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. hahahah, vc eh uma fofa! Eu nunca tinha visto nenhum vídeo seu! o/

    Super concordo! O grande problema são as "inspirações": só porque uma fórmula fez sucesso não quer dizer que vc precise copiá-la! Criatividade, né???


    Bjos!

    livrosechocolates.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. OLá Amanda,

    Gostei demais do seu video, até que enfim uma pessoa sensata, pois esses livros denominados hot não ascrescetam nada e como você mesmo disse sempre o rapaz bonito e perfeito, como se isso fosse o essencial para um verdadeiro amor...parabéns pelo video...abçs.



    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi, gostei bastante do post e dos videos de vocês, não gosto muito desses clichês também, mas acho que Nicholas Sparks repete muito, todo mundo fala super bem dele, não o desmerecendo por que eu só li um livro dele e ele escreve realmente muito bem, mas a sempre um casal, que lutam para ficarem juntos e no fim acontece algo que implica com isso, e o que só tem um final, a morte de um, ou eles acabam juntos. Acho ele bem clichê.
    Quanto aos trios românticos, também, gosto de crepúsculo, mas é um clichê como Jogos Vorazes.
    Não temos muitas opções, mas dependendo do clichê eu gosto até.
    Beijos
    neversaynever-believe.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Amanda, no começo eu também era uma negação, não conseguia fazer quase nada, foi tudo uma questão de pratica!
    Ninguém consegue fazer um smokey eye do dia para a noite, comece com o básico, passe uma sombrinha marrom na pálpebra toda e no concavo e esfume as bordas, com o tempo tente incorporar uma nova cor e por assim vai.
    Se você quiser posso fazer um vídeo de maquiagem para iniciantes depois ;)
    Espero ter ajudado.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Amanda realmente vc tem problema! HYAHYAHY
    Adorei o vídeos, clichês é chato demais, já me encheram já!! Triangulos amorosos BLLLLEeeÉ!! Sou a favor de um mundo com outra forma geografica ^^ E sim assim como vc Amanda estou amando distopias ^^

    Queria citar um tema para vcs: Modinha: aquele livro que só você conhecia, mais que acaba caindo na boca do povo, raiva ou não?!

    Beijos
    brubs

    ResponderExcluir
  9. Oi Amandinha, tudo bem flor?
    Bem clichês literários são... tensos. Eu não aguento mais ver 50 tons de alguma coisa nas livrarias, sério, e depois de Crepúsculo, meio que corri (lê-se, em ritmo de maratona) de livros com temática de vampiros. Também não curto a menininha insegura, parece que só existe menina/mulher assim no mundo, Pela Amor! Enfim, também estou cansada de triângulos amorosos, mas acredito que os clichês vão continuar, eles poderiam apenas tentar inová-los ao ponto de não parecer um clichê.
    Abraços,
    Amanda Almeida
    Você é o que lê

    ResponderExcluir
  10. HAHAHA muito legal teu vídeo! ri demais você tá engraçada e linda viu?
    Eu também não suporto mais clichês! Autores inovem por favor!
    http://www.momentosassim.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Amanda =D
    Concordo plenamente!Eu não aguento mais clichês! Uma sorte danada é que só li bons livro esse ano, até agora.
    Também me joguei nas distopias! Maze Runner, poxa, é tudo de bom!

    Adorei o vídeo!
    E, obrigada pela visita lá no meu blog. Espero que fique tudo bem com a sua cachorrinha, estou torcendo aqui.

    Beijos

    Glow Of The Moonlight

    ResponderExcluir
  12. O grande problema das repetições de enredos é que normalmente o escritor começa a escrever a partir de uma base e os "livros base" de hoje são muito superficiais. Então todos correm para aquele que faz mais sucesso e mudam pequenas coisas. É mais uma adaptação do que algo novo. Exitem alguns triângulos amorosos falhos como Abby, Travis e Parker em Belo Desastre. O Parker está ali só pra mudar um pouco o foco, porque desde o início a estava na cara que a Abby ficaria com o Travis. E na série Os Instrumentos Mortais, com Clary, Jace e Simon, que já envolve outro clichê. Me apaixonei pelo bravo guerreiro sensual e ele é o meu irmão, fui chorar pro meu amigo e ele é apaixonado por mim. Bem, clichês a parte, eu amo esses livros! Adorei o vídeo!
    Beijos!
    http://umaleitorachamada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Melhoras para vc Amanda, tbm to meio doente =/
    Tem vídeo de comprinhas dos EUA no meu blog, dá uma conferida!
    Muito obrigada pela visita.

    Beijos ;*

    ResponderExcluir
  14. Oi Amanda!
    Eu sou fã de Crepúsculo. Admito. Mas concordo que ultimamente muitos livros vem sendo mais do mesmo. É chato mesmo e até irritante, porque você sempre busca ler algo diferente. Algo que faça que você tenha uma posição e uma visão diferente. Concordo que, quando você passa a ler muitos desses livros "repetitivos", você acaba achando que está lendo muitos livros e cansando, quando na verdade não é isso.
    Eu não curto muito distopias. Os únicos livros distópicos que eu li e gostei foram "Destino" e "Delírio". E só gostei de ambos porque as autoras souberam colocar de forma satisfatória um romance na história. Sim, eu amo romances e adoro quando os autores sabem construí-los de forma satisfatória.
    Enfim, gostei do vídeo e achei bem engraçadinho o final. Você é bem espontânea e simpática. (:
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  15. Oi Mandinha,

    E essa sua fofura no vídeo? Apenas ri muito com você e com esse final de vídeo. Pois é, eu não tenho jardim, então o jeito seria mesmo deixar a preguiça de lado e arrumar meu próprio quarto (e é por isso que nunca tem vídeo no meu blog, haha). Bom, agora sem mais brincadeiras, vamos falar sério (só que não). Acho que mesmo lendo e até gostando, não podemos deixar de lado o maior exemplo de clichê entre os livros: Nicholas Sparks. Realmente, às vezes desconfio seriamente que ele tem um modelo já pronto onde ele apenas faz pequenas modificações e lança um novo livro. Porém, mesmo cansada de clichês, tem momentos que até dá vontade ler algo desse tipo. E também tem alguns livros que mesmo tendo romances românticos clichês (estou repitindo mil vezes a palavra "clichê", mas ok), tem histórias que tem seu toque especial. Enfim, acho que já falei (besteiras) demais aqui.

    Beijão!

    ResponderExcluir
  16. é verdade, concordo com vocês, claro que todos nos inspiramos em algo, já falaram que todos os livros vieram de um único livro, mas não também não precisa copiar na cara-de-pau, por isso, apesar de até ter gostado de Cinquenta Tons, não leio quase nada do que está na moda, nem Crepúsculo eu li.
    Amei o blog,bjs
    http://livrices.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Creio que na literatura não há nada totalmente novo!
    Mas, com certeza, faz toda diferença quando o autor tenta mudar um pouco as coisas.
    Pegando um exemplo de Crepúsculo, quantos livros de vampiros, lobisomens e afins, foram lançados naquela época do lançamento dele? Milhões!
    O problema nem está nas pessoas, mas sim nas editoras que lançam o mesmo tipo de livro só porque a concorrente lançou (No caso de 50 tons, por exemplo).
    Mas a verdade seja dita, quem de vez em quando não gosta de um clichê? kkkk
    Adorei os vídeos!
    Beijoos :*

    - Gabriella Suzart

    ResponderExcluir
  18. Eu concordo discordando, digamos assim. Sim, as milhares de cópias de um sucesso são um saco, mas até onde vai a orginalidade? Todas as histórias que já poderiam ser feitas já foram (em termos de estrutura, claro - garota se apaixona por garoto, menina enfrenta competição mortal etc etc etc) e não discrimino um autor que "pega carona"...

    ResponderExcluir
  19. Amandinha, linda!!! Mas a maioria dos leitores ama isso...é o que vende e se vende é o que irão escrever.
    Não vai mudar até que os leitores não comecem a dar uma chance para o diferente.
    Gostei do seu vídeo.
    Beijocas, princesa.

    ResponderExcluir
  20. Ooie, agora me deu vontade de gravar um vídeo para o meu blog falando também sobre clichês literários *O* Adorei o meme flor!!!
    Vamos fazer um meme juntas tb , na próxima me chama. Bjokas. Mar
    www.Imaginayre.com.br

    ResponderExcluir

Ei, obrigada! :)

-Retribuirei seu comentário!